segunda-feira, 15 de janeiro de 2018

Busca... Sou EU!

Em muitos momentos me encontro em busca constante de um Eu... Em todas as vezes encontro as mesmas respostas, sou amor, alegria, sou fé, esperança, sou amiga, sou lembrança!


Busco o bem em todas as coisas, dou valor as pequenas coisas... Não tenho sonhos grandiosos a não ser de ter uma vida voltada para o bem e rodeada de amor!
Não quero ser Feliz pois descubro a todo momento que eu Sou Feliz!




Tenho ao meu lado pessoas incríveis que me lembram o tempo todo o quanto Deus me ama! 
As vezes tenho pessoas que tentam me mostrar o contrário mas vejo que isso só faz parte de um mundo de homens, e isso me faz crescer mas nunca deixar de Amar!





Sou emoção! Sou amada como eu sou, amo as pessoas como elas são! Posso crescer em muita coisa, aprendo a todo momento e ensino também! Choro de Alegria, choro de emoção e as vezes parece tristeza mas se ficamos tristes por algo que perdemos ou nos deixa saudades significa que aquilo foi bom o suficiente para te emocionar!



Sou Arte em todas as suas expressões, adoro a cultura do Carnaval, teatro, dança, música, pintura, escultura, etc.... Arte alegra as pessoas, cultura mostra a origem delas... Isso tudo me encanta!


Sou natureza e cada vez mais admiro os espetáculos dela, o nascer do sol, por do sol, um dia nublado, um dia ensolarado, as estrelas do céu, a lua, o mar ( esse de uma forma especial), e tantas coisas q trazem paz!



Sou amiga, família, um pouco mãe, um pouco filha!

Tenho fé, acredito em Deus, no Cristo ressuscitado, vivo pela Fé de um mundo melhor, do meu mundo melhor!




Enfim, sou um infinito de esperança, de fé e de amor! Isso tudo me faz sorrir a cada dia e estar feliz a cada momento!

Sou eu.... Camila Coutinho

segunda-feira, 8 de janeiro de 2018

Pensamentos Soltos.... Beleza da Vida!


A beleza da vida é não ser perfeito, mas saber amar a vida com todos seus detalhes;
Saber sorrir mesmo gritando por dentro;
Saber reconhecer seus momentos de glória e fraqueza

Quando reconhecemos, temos mesmo em frente às névoas e pouca visão uma ideia de onde estamos e que temos que buscar caminhos para sair e transformar!

segunda-feira, 1 de janeiro de 2018

​ Uffa 2018...

Estou nas primeiras horas de 2018, já sinto paz, me sinto leve... é 2017 foi um tanto pesado, um tanto truncado, claro que tiveram suas belezas, afinal temos que sorrir...


Mas falando em 2018... não, não vou fazer promessas, afinal promessas geram pressões e muitas vezes frustrações... claro, tenho os mais lindos desejos, planos, sonhos... mas o maior dele é buscar ser leve, agradecer e não reclamar, olhar o lado bom das coisas, buscar sorrir mesmo quando a vontade for chorar, sempre fui um pouco isso, até q uma hora vi que isso se perdeu um pouco... Em todo fato, tem varias versões, escolho sempre a mais bela, leve, simples... 2017 me mostrou sobretudo que da pra viver com muito menos que se imagina, que mesmo a um turbilhão de tragédias, sempre ( sempre mesmo) vai existir um sorriso, uma ajuda ( de onde menos se espera), e muita coisa boa, isso é Amor, o Amor que colhemos quando plantamos, devemos sempre plantar Amor e sempre ter certeza que a colheita vem, nem sempre de onde esperamos ( pra que esperar, planos frustados não tem leveza), mas de lugares lindos... que em 2018 saibamos colher, saibamos ser leves e sobretudo saibamos fazer o Bem ( muito mais para nós mesmos, pois assim o bem ao outro se torna natural)!


Ahhh... sobre desejos (quase promessas, geminiano é fogo, rs, muda de ideia o tempo todo), quero realmente em 2018 praticar o que me faz bem, escrever mais e fazer mais esporte ( isso significa voltar ao SUP), isso me acalma, me deixa leve e faz parte de tudo que quero! Espero não me frustrar ( eu me frustro por ter um blog abandonado, gostando tanto de escrever, ahhhh)
Enfim, vou tentar, mentira, vou conseguir pois assim que se começa... conseguindo tudo que se deseja...


Vemmmm.... Vamos... Leve.... Leve... Leve...